A Zona de Processamento de Exportação (ZPE) do Ceará, empresa subsidiária do Complexo do Pecém (CIPP S/A), encerrou dezembro com alta na movimentação de duas de suas principais cargas.


No último mês de 2020, 330.600 toneladas (t) de minério de ferro passaram pelos gates da companhia, com aumento de 15,3% se comparado com o mesmo mês de 2019.
No mesmo período, a movimentação das placas de aço produzidas pela Companhia Siderúrgica do Pecém (CSP) atingiu 274.232 t, com crescimento de 19,6% na comparação com dezembro do ano anterior.
De acordo com o órgão, um dos principais insumos utilizados na produção da ZPE Ceará, o minério de ferro, encerrou 2020 com uma movimentação total de 4,22 milhões de toneladas.


O carvão mineral atingiu 1,97 milhão de toneladas ao longo do ano, enquanto a movimentação de placas de aço, produto exportado via Porto do Pecém para diversos países, fechou 2020 com aproximadamente 2,7 milhões de toneladas.
No acumulado do ano, a movimentação de cargas na ZPE Ceará atingiu 11,3 milhões de toneladas, com queda de 7,6% na comparação com as 12,2 milhões de toneladas registradas em 2019.

Fonte: O Otimista