As associações cearenses que representam carreiras típicas de Estado se reuniram para criar uma entidade com a missão de defender os valores constitucionais que a sociedade confiou com ao Estado, promover a qualidade do serviço público e valorizar as pautas das carreiras típicas, que desenvolvem atividades essenciais e exclusivas ao funcionamento do Estado.

A Auditece é uma das entidades pioneiras na criação do Fórum Cearense das Carreiras Típicas de Estado (FOCATE-CE), oficializada em reunião nesta quinta-feira, 6 de agosto. O FOCATE-CE já tem a sua primeira pauta de reivindicação definida: a implementação da previdência complementar.

Além da Associação dos Auditores Fiscais da Receita Estadual do Ceará - Auditece, compõem o Fórum a  com a Associação dos Procuradores do Estado do Ceará - Apece; a Associação Cearense de Magistrados - ACM; a Associação dos Auditores de Controle Externo do TCE - AudTCE; a Associação Cearense do Ministério Público - ACMP; e a Associação dos Defensores Públicos do Estado do Ceará – Adpec.

 

Confira a composição da primeira diretoria do FOCATE-CE:

 

Coordenação Geral:  ACMP (Aureliano Júnior)

Vice-Coordenação Geral: ADPEC (Amélia Rocha)

Coordenação de articulação legislativa: APECE (Vicente Braga)

Coordenação de defesa de prerrogativas: ACM (Daniel Carneiro)

Coordenação de responsabilidade social: AUDTCE/CE (Thaísse Craveiro) 

Secretaria-Geral: AUDITECE (Juracy Soares)

Compartilhe:

  • Compartilhar