A Diretoria da AUDITECE realizou, na manhã desta segunda (3), sua reunião semanal na qual discutiu, entre outros itens, as ações da entidade acerca do posicionamento do Governo do Estado relativo à (não) concessão de reposição salarial aos servidores.

Neste sentido, os dirigentes decidiram convocar Assembleia Geral Extraordinária (AGE), no dia 14 de junho, para tratar do tema. A entidade encomendará estudos jurídico e econômico para embasar contraponto à eventual argumentação do Estado de que não pode conceder a reposição salarial, que serão apresentados na AGE.

A Diretoria salienta que, além de somarem defasagem de vários anos sem reposição, os servidores públicos estaduais sofreram um acréscimo na contribuição previdenciária, que saltou de 11% para 14%.

A Assembleia deverá deliberar sobre as medidas alternativas, nos âmbitos judiciário e administrativo, para garantir a reposição das perdas inflacionárias.

A data da AGE coincidirá com o último dia de votação para eleição de Diretoria Colegiada e Conselho Fiscal (2019-2021) da AUDITECE e AUDITECE. Com isso, a entidade irá oferecer um café da manhã e meios de facilitar a participação dos associados no pleito eleitoral.

O edital de convocação será publicado nesta semana e, devidamente, divulgado aos associados.

 

Compartilhe:

  • Compartilhar