Hoje é o último dia para solicitar a liberação do servidor

Os associados interessados em participar do 3º Congresso Luso-Brasileiro de Auditores-Fiscais e Aduaneiros devem entrar em contato com o escritório da AUDITECE apenas até hoje, dia 10 de abril, prazo máximo para solicitar a liberação do servidor.

O decreto nº 25851/2000, que dispõe sobre o tema, exige o período de 45 dias de antecedência ao evento para assegurar a desobrigação do servidor em cumprir suas atividades competentes. Após a data estabelecida, a diretoria não poderá garantir que o associado seja dispensado pela gestão da SEFAZ-CE.

Os interessados podem entrar em contato com o escritório da AUDITECE pelo fone (85) 3248-5657, e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. ou WhatsApp (85) 99944-0064.

Com o intuito de facilitar a participação dos seus associados na terceira edição do Congresso, a AUDITECE já assegurou o custeio das inscrições dos que desejarem participar do evento, que ocorrerá entre os dias 28 e 30 de maio deste ano, na cidade do Porto, em Portugal.

Além disso, durante a última reunião da entidade com o Secretário da Fazenda, ocorrida no dia 16 de março, Mauro Filho garantiu a liberação dos servidores para esse fim. No entanto, a diretoria reitera que é imperativo que os associados que irão ao Congresso entrem em contato com o escritório da AUDITECE, em regime de urgência, para que a entidade providencie a solicitação de liberação do servidor junto à SEFAZ com a maior antecedência.

A inscrição no congresso custa R$ 350,00 (trezentos e cinquenta reais) e dá direito, além da participação no evento, ao coquetel de abertura no dia 28/05, aos almoços nos dias 29 e 30/05 e ao jantar de encerramento. A entidade também já divulgou cotações que realizou para opções de aéreos e hospedagens na cidade sede do congresso.

A terceira edição do evento é organizada pela Febrafite (Federação Brasileira de Associações de Fiscais de Tributos Estaduais), a Apit (Associação Sindical dos Profissionais da Inspeção Tributária e Aduaneira) e a Law Academy.

O Congresso conta com o apoio de organismos internacionais, órgãos governamentais, além de outras entidades nacionais do Fisco brasileiro, que reunirão em um momento único especialistas, pesquisadores e professores universitários do mais alto nível, para investigar e debater os desafios da investigação criminal fiscal; as prerrogativas dos profissionais do Fisco e sua difícil relação com os contribuintes, no dia a dia do exercício da atividade, entre outros temas.

Confira a programação

Compartilhe:

  • Compartilhar